CBM

Pacto das Igrejas Baptistas de Moçambique

Tendo sido levados, pelo Espírito de Deus, a aceitar o Senhor Jesus Cristo como nosso Único e suficiente Salvador e tendo sido baptizados, sob a profissão da nossa fé, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, agora na presença de Deus, anjos e desta congregação, muito solene e alegremente, entramos no seguinte pacto como um corpo em Cristo:

  • Comprometemo-nos, com auxílio do Espírito Santo, a andar juntamente no amor cristão;
  • Comprometemo-nos a trabalhar para o progresso desta igreja no conhecimento, na santidade, no conforto e na espiritualidade;
  • Comprometemo-nos a sustentar os cultos, as doutrinas, as ordenanças e a disciplina da nossa igreja;
  • Comprometemo-nos a contribuir liberal e regularmente para o sustento do ministério, para as despesas da igreja, para o auxílio dos pobres e para a proclamação do Evangelho em todas as nações;
  • Comprometemo-nos também, a manter um culto devocional particular e familiar;
  • Comprometemo-nos a educar religiosamente os nossos filhos, a testemunhar a salvação à todos, especialmente os nossos parentes, amigos e conhecidos;
  • Comprometemo-nos a ser correctos nas nossas transações, fiéis em nossos compromissos e exemplares em nossa conduta;
  • Comprometemo-nos a ser diligentes nos trabalhos seculares, a evitar a difamação, a ira e a detracção;
  • Comprometemo-nos a ser zeloso em nossos esforços para estender o Reino do nosso Salvador;
  • Comprometemo-nos, além disso, a ter cuidado uns aos outros;
  • Comprometemo-nos a lembrarmo- nos uns dos outros nas orações, a ajudar-nos uns aos outros nas enfermidades e nas necessidades;
  • Comprometemo-nos a cultivar relações francas e a delicadeza no trato;
  • Comprometemo-nos a não sentir logo as ofensas , mas a estar pronto a perdoar;
  • Comprometemo-nos a buscar quando possível, a paz com todos os homens;
  • Comprometemo-nos a procurar pressurosamente conhecer e observar a vontade do nosso Salvador e Senhor;
  • Comprometemo-nos, finalmente, quando sairmos deste lugar para outro, a unir-nos a outra Igreja da mesma fé e ordem, em que possamos observar os princípios da Palavra de Deus e o espírito deste pacto, ou em caso de não existir uma igreja Baptista, comprometemo-nos a implantar uma comunidade da mesma fé e ordem.